sexta-feira, 17 de setembro de 2010

CONCEITO OCTAGENÁRIO

Cartaz mega simples pro Pacman 80, porém (TEM SEMPRE UM PORÉM!!!) complicado é ser simples e ser simples é complicado. Pra chegar em determinado resultado é necessário o tal do conceito. E como criar conceitos? Buenas, no meu caso utilizo a informação colhida nas três décadas de vida. Toda ela! Claro, que sempre curti ficha técnica de discografias e biografias de músicos/bandas das mais variadas espécies. Isso dá um caldo para que a criação possa ser espontânea sem perder a cara do negócio (e diminuindo o risco de eu perder o amor/paixão/tesão/pauduressência também).

A curiosidade é que esse foi feito 100% no Corel (atualmente tô fazendo 50% ali e 50% no photoshop na grande maioria dos trabalhos). Deixei uma margem branca e simplesmente dividi o fundo em quadrados. É aí que entra o lance da referência: pesquise os anos oitenta e você vai dar de cara com um zilhão de misturas de cores gritantes e neons da vida. Colori aleatoriamente como se fosse um fundo de palco do Chacrinha ou do Sérgio Mallandro. Como NÃO ESTAMOS mais naquela década, o branco foi a base de tudo, deixei as cores num tom mais pastelzinho e ainda fiz um degradê onde a parte de cima bem mais clara que a de baixo. Essa foi uma opção pra dar um ar mais clean pra arte.

Centralizei uma grande logo do da banda com um sombreado verde pra destacar do fundo e, nas informações do show, fui direto numa fonte vazada que só o nome já explica o motivo da escolha: "NEON LIGTHS", hehe! Deixei uma de de cada cor e tava feita a oitentice!

Nenhum comentário: