terça-feira, 6 de outubro de 2009

ALÔ ALÔ RETORNO!

Salve, salve rapaziada! Todo mundo sabe que do Leme ao Pontal não há nada igual o grande Tim Maia! Quando o Max decidiu fazer um show apenas com canções do síndico do Brasil no repertório, fiquei super feliz com a oportunidade de fazer essa arte.


Estava super empolgado, pois tinha acabado de ler o livro do Nelson Motta VALE TUDO - O SOM E A FÚRIA DE TIM MAIA (Ed. Objetiva - 2007) e estava praticamente um PhD sobre o assunto. Então o que vai ser legal nesse carttaz não é nem tanto a arte em si, mas justamente os detalhes.

A base do cartaz é bem simples. Redesenhei o rosto do cantor baseada na capa do disco de 1971 e deixei tudo vermelho. Apliquei a logo da banda no canto superior e mandei o tema do show "Chama o síndico!" um pouco acima do nome do cantor (em letras grandes) e as infos do evento.

O fundo deveria ser branco, mas assim como já fiz em outro cartaz (post MISSISSIPI DELTA) utilizei um recorte ampliado da capa do vinil do Tim Maia Racional (Seroma-1974) que, suja pelos dedos de quem manuseou dá uma coloração desbotada pro cartaz e deixa ele envelhecido.

E aquilo que parece serem patrocinadores, na verdade são referências sobre o cantor. Com o título de "Eu recomendo:" aparecem o distintivo do América Futebol Clube (time do cantor), o lendário livro Universo em Desencanto que ele tanto nos manda ler na fase racional, ainda um Big Ben com exigindo "Pontualidade inglesa" (pra ninguém dar uma de Tim Maia e chegar atradsado ou furar) e, por último, redesenhei a logo da Confederação Brasileira de Triathlon (CBTri). E o que esse esporte tem a ver com o Tim??? Ah, não vou mandar spoiler... leia o livro!