terça-feira, 9 de junho de 2009

SOU QUADRADO

Esse não sairia sem o incentivo do cliente. O Max vem me dando bastante liberdade pra criar e está acompanhado os mergulhos no aprofundamento da teoria que sempre falo aqui da arte ter mais destaque do que a própria atração ou informações. Esse exemplo se aproxima bastante do que considero ideal. No pedido do cartaz, ele já mandou a frase que queria ouvir: "Esse show não tem tema, então pode pirar na arte!".

Parece muito legal ter liberdade total pra fazer o que estiver afins, né? Há controvérsias.

Explico: Aqui, mais do que em outros casos, o risco de viajar na maionese é enorme. A princípio, quando sentei na frente do computador podendo fazer qualquer coisa, não veio nada na cabeça, hehe! Justamente por causa dessa pira de que não ter limites pode ser mais prejudicial do que benéfico.

Mas passou logo essa sensação. Eu tenho um limite interno que se chama simplicidade. Desenhei um quadrado no Corel e, após ele, mais três em ordem crescente de tamanho. Comecei a colar um ao lado do outro de forma descontrolada e assim surgiu a base dessa espécie de planta e/ou ponto de interrogação que você vê aqui. Nesse momento veio a idéia mesmo! Subi aquilo que podemos chamar de caule e, no topo, montei a logo da banda no mesmo esquema. A arte estava pronta!

Faltava ainda as informações. Coloquei do jeitinho que sempre quis: pequeninas embaixo de tudo. Usei apenas dois tons de marrom pra respeitar o "limite" minimalista que o cartaz tinha adquirido.

Levei o desenho pro Photoshop onde inseri dois efeitos de textura. O primeiro deu as bordas pros quadrados que, originalmente no Corel, não tinham. Gostei mais com as bordas até porque melhoraram a leitora da logo.

Simples. Talvez até o mais simples de todos os do projeto. E um dos que mais gostei de fazer. Fruto maduro da plantação conceitual escamosa. Estamos quase lá!

3 comentários:

Lua disse...

Não sou crítica de arte tampouco entendo de design. Mas tenho bom gosto e assim opino: esse cartaz é um dos melhores teus que eu até agora vi. =)

Mariane disse...

eu adoro texturas, já te disse? : )

Batone disse...

Isso ficou lindo!